Unidade privada com cuidados de saúde inovadores e de excelência

  • Uma equipa médica conceituada;
  • Uma abordagem global com consulta, meios de diagnóstico e recuperação física;
  • Um espaço amplo e agradável;
  • Acesso fácil e estacionamento acessível.

Marque já a sua consulta
de forma fácil e rápida

    urgentenão urgente

    Síndrome do Piriforme. Causas, diagnóstico e tratamento

    • 17 Julho, 2017

    por Dr. Armando Barbosa

    O síndrome do piriforme e uma doença que afecta o músculo do mesmo nome, que esta localizada na região das nádegas, tem espasmos e causa dor na nádega mas também pode irradia para a zona do ciático uma vez que este nervo passa perto ou mesmo no meio deste músculo.

    Podendo causar dor tipo ciática, formigueiro e mesmo falta de força na parte posterior da cosa face lateral da perna e no pé.

    O músculo piriforme é um músculo pequeno e profundo, localizado atrás do grande glúteo.

    • Começa na zona do sacro e vai até o grande trocânter que fica localizado na cabeça do fémur.
    • Serve para fazer a rotação da coxa e para rodar a perna e pé para fora.
    • Tem um percurso diagonal, o nervo ciático percorre-o verticalmente, posteriormente, em algumas o nervo passa mesmo no meio do músculo

    piriforme

    Causas do síndrome do Piriforme

    Podem ser:

    • Contracções musculares no músculo por irritação da sacro ilíaca ou articulação da coxa.
    • Contracção muscular em resposta a um espasmo ou lesão muscular.
    • Hemorragia no local.

    Sintomas

    • Dor tipo moinha na nádega afectada.
    • Dor que irradia pela parte posterior da coxa, perna e pé.
    • Dor a subir escadas
    • Dor quando esta muito tempo sentado
    • Mobilidade reduzida na articulação da anca

    Os sintomas começam depois de estar muito tempo sentado, caminhar ou correr e podem melhorar depois de o dente se deitar.

    Piriforme

    Diagnóstico

    O diagnóstico e efectuado observando o doente, na historia clínica e exames complementares de diagnostico.

    Exame Físico

    Exame da coxa e membros inferiores para ver se o movimento aumenta a dor, através de testes específicos.

    Historia Clínica

    Uma historia clínica inclui uma revisão profunda dos sintomas do paciente, como as posições ou actividades que melhoram ou pioram a dor, há quanto tempo começaram os sintomas , se houve alguma cauda para os mesmos.

    Exames complementares de diagnostico

    Podem ser pedidos exames como:

    RX, ecografias, RMN e electromiografias.

    Tratamento Piriforme

    • No caso de inflamação pode ser usado frio.
    • Caso haja contractura do músculo deve ser usado calor.
    • Medicamentos

    Outros tratamentos

    • Administração de fármacos directamente no músculo, esta administração tem que ser efectuada com controlo de imagem nomeadamente, ecografia ou RX.
    • Podem ser com anestésicos locais e anti inflamatórios, ou mesmo com toxina botulínica para relaxar o músculo e diminuir a inflamação.