Unidade privada com cuidados de saúde inovadores e de excelência

  • Uma equipa médica conceituada;
  • Uma abordagem global com consulta, meios de diagnóstico e recuperação física;
  • Um espaço amplo e agradável;
  • Acesso fácil e estacionamento acessível.

Marque já a sua consulta
de forma fácil e rápida

    urgentenão urgente

    tratamentos

    Neurolaser

    O Centro da Coluna e da Dor – Paincare, é líder nos tratamentos minimamente invasivos da coluna e da dor em Portugal, com recurso á mais recente tecnologia, implementou várias técnicas que permite tratar hérnias de disco sem recurso a cirurgia. O reconhecimento dos Centros da Coluna e da Dor – Paincare vai neste caso […]

    O Centro da Coluna e da Dor – Paincare, é líder nos tratamentos minimamente invasivos da coluna e da dor em Portugal, com recurso á mais recente tecnologia, implementou várias técnicas que permite tratar hérnias de disco sem recurso a cirurgia.

    O reconhecimento dos Centros da Coluna e da Dor – Paincare vai neste caso além fronteiras, sendo a clínica de Lisboa um centro de formação de técnicas Laser europeu para formação de médicos estrangeiros nesta área.

    Esta técnica, é em muitos casos uma alternativa à cirurgia tradicional, que é mais dispendiosa, requer internamento, poderá ter complicações pós-operatório associados e tem períodos de recuperação bastante mais longo .

    A mais recente inovação tecnológica

    O tratamento de hérnias discais com recurso a Laser, teve o seu inicio em 1984 e foi estudado o seu sucesso  em mais de  750 intervenções ao longo de 12 anos, este estudo teve uma taxa de sucesso entre os 75% e os 89% e uma taxa de complicações inferior a 1%. Nos Centros da Coluna e da Dor – Paincare, graças á tecnologia de ultima geração usada, nos pacientes com indicação clara para este tratamento, a taxa de sucesso é  superior a 90%, trata-se do Neurolaser, um tratamento exclusivo da Paincare.

    O procedimento chama-se Nucleoplastia Percutânea por Laser , sendo uma técnica minimamente invasiva para tratamento de hérnias dos discos, na região cervical, dorsal e lombar.

    Baseia-se na introdução de uma fibra óptica através de uma agulha no centro do disco intervertebral, controlo de um aparelho de Rx especifico para estes procedimentos, essa fibra óptica vai emitir um Laser de baixa temperatura, sem lesão das estruturas adjacentes como os músculos e outras estruturas, não havendo risco de fibrose periradicular.

    Numa explicação menos técnica, como se pode ver na imagem abaixo, a hérnia surge quando o núcleo pulposo é comprimido e sai fora do anel fibroso, que ao fazer pressão sobre as raízes nervosas provoca dores por vezes muito fortes. Quando é feito o procedimento Neurolaser, é introduzida uma agulha  no núcleo pulposo (que é gelatinoso) com controle de um intensificador de imagem (uma espécie de RX ao vivo), o que permite ao médico saber exatamente onde esta localizada a agulha, quando esta está no local correto, coloca-se a fibra óptica por dentro da agulha até á ponta da mesma, que através de raio laser vai provocar evaporação de parte do núcleo pulposo, criando um vácuo. O vácuo faz  com que a hérnia se contraia e deixe de comprimir as raízes nervosas, aliviando a pressão e a dor.

     

     

    Este tratamento é feito com uma sedação leve e com anestesia local numa sala preparada para o efeito com controlo de Rx em ambulatório. Os resultados podem ser praticamente imediatos e o retorno á atividade profissional poder ser feita de forma rápida.

     

    Hérnia Discal

    A dor lombar ou “dor de costas” é um dos sintomas com maior prevalência na população. Estima-se que cerca de 80% da população mundial, pelo menos uma vez na vida, apresente queixas de dores relacionadas com a coluna. Por vezes, é suficientemente intensa e incapacitante, com importante interferência na capacidade de trabalho e qualidade de vida.

    As causas potenciais desta dor são diversas, tendo em consideração os elementos ósseos (as vértebras), os discos, os nervos, os ligamentos e as articulações vertebrais

    Nas hérnias discais, a dor é secundária à doença dos discos (classificada na nomenclatura médica por “protrusões”, “procidências” ou “hérnias” discais), sobretudo nos segmentos lombar e cervical da coluna vertebral.

    Os discos intervertebrais são estruturas flexíveis, localizados entre os corpos das vértebras que servem como “amortecedores”, permitindo movimentos da coluna, ao mesmo tempo que ajudam a absorver os impactos mecânicos e o peso do corpo.

    Os discos intervertebrais podem deformar-se saindo parcialmente comprimindo e/ou provocando inflamações nas raízes nervosas e, originar para além de dor na coluna, dor nos segmentos dependentes das estruturas nervosas, traduzidos por dor, dormência ou fraqueza muscular no braço ou na perna (vulgo dor “ciática”). Nos casos mais graves, uma hérnia do disco pode comprimir os nervos que controlam a bexiga e o intestino, resultando em incontinência urinária e perda de controlo do intestino.

     

    Temos acordo com as principais companhias de seguros, tais como : AllianzAdvacecareMedisMulticare, Etc. poderá consultar a lista de todas as companhias com que temos acordo aqui

    Este procedimento apesar de não ser um procedimento cirúrgico é realizado em condições de bloco operatório e está disponível nas nossas clínicas de Lisboa, Porto e Guia, no Algarve.